Domingo, 07 de Março de 2021 20:42
Esportes Esporte | Ciclista

Ciclista do Amapá já pedalou mais de 4 mil quilômetros por desafio de percorrer América do Sul

No Dia do Atleta conheça a história de Raissa Barros a bióloga que deixou tudo para trás para seguir em uma expedição de mountain bike pelo continente

21/12/2020 08h19 Atualizada há 3 meses
306
Por: Dinael Monteiro Fonte: GE AP
De bicicleta, Raissa Barros, já chegou a cantos do pais que ainda são pouco explorados — Foto: Raissa Barros/Arquivo Pessoal
De bicicleta, Raissa Barros, já chegou a cantos do pais que ainda são pouco explorados — Foto: Raissa Barros/Arquivo Pessoal

A biólogo e ciclista, Raissa Barros, 34 anos, integrante da equipe Expedição Fronteiras, tricampeã Amapaense na categoria Mountain Bike (MTB), já pedalou mais de 4 mil quilômetros pelo desafio de percorrer a América do Sul.

A viagem que iniciou em novembro de 2019, em São Paulo, chegou a passar por Argentina e Paraguai, mas teve que ser interrompida por conta do fechamento das fronteiras em virtude da pandemia da Covid-19.

Impossibilitada de seguir viagem, Raissa, teve que estacionar em Santa Catarina para replanejar a expedição. Durante a parada ela aproveitou para dá palestras e fazer apresentações em escolas da região falando sobre ciclismo e o meio ambiente do Amapá, além de destacar como cuidar da natureza e a valorização da vida.

Mas para conseguir se sustentar, além de contar com a colaboração das pessoas com doações de alimentos, ela aproveitou para atuar como motorista de aplicativo, onde arrecada dinheiro para seguir viagem.

A atleta conta que faz suas alimentações em beira de estradas e em locais onde fica para descansar e até dormir como praças, postos de combustíveis e casas de pessoas que oferecem abrigo.

- Tudo é possível também pela generosidade das pessoas que nos dão segurança, abrigo, comida e água, até mesmo na estrada, o que ajuda na nossa expedição - diz Raissa Barros.

A atleta conta que o projeto "Expedição Fronteiras pela América do Sul" já vinha sendo pensada a alguns anos, logo após ter ficado viúva em 2016 quando seu esposo faleceu de câncer.

- Por conta da morte dele passei a pensar muito de como eu estava vivendo a minha vida. Ele morreu jovem com 46 anos e não conheceu nada praticamente fora do Amapá. Por isso resolvi sair, largar tudo e seguir na expedição fazendo isso por mim e por ele - Raissa Barros.

Atualmente Raissa está em Macapá onde veio visitar a família que não via a um ano. Ela volta no dia 30 deste mês para Santa Catarina onde vai reiniciar a expedição seguindo para o Rio Grande do Sul e depois chegar no Uruguai.

- Espero que eu possa inspirar outras mulheres a seguirem viagem, da forma que for, assim como eu fui inspirada por outras mulheres que fazem parte da minha vida - Raissa Barros.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Macapá - AP
Atualizado às 20h32 - Fonte: Climatempo
25°
Céu encoberto

Mín. 23° Máx. 30°

25° Sensação
13 km/h Vento
100% Umidade do ar
80% (15mm) Chance de chuva
Amanhã (08/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 31°

Sol com muitas nuvens e chuva
Terça (09/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol com muitas nuvens e chuva